Eduardo Tavares confirma liberação de verba para construção do Centro Cultural de Traipu

O Centro Cultural de Traipu está na contagem regressiva para se tornar realidade. O prefeito Eduardo Tavares confirmou a liberação de verba, por parte do Ministério do Turismo, para construção do lugar, que também abrigará a Biblioteca Pública, um auditório para 250 pessoas e o Memorial à Traipu. Os recursos, na ordem de R$ 731.250,00, serão liberados através das emendas do senador Renan Calheiros e do deputados João Henrique Caldas.
“Essa conquista é importantíssima para Traipu. O Centro Cultural ficará encarregado de manter o Museu Imperial (local onde Dom Pedro II se hospedou). Estamos aguardando, agora, a liberação de recursos para a construção do terminal turístico”, comemora o prefeito Eduardo Tavares.
O Memorial à Traipu terá como principal atribuição divulgar a cultura e a história do município ribeirinho, além de homenagear conterrâneos considerados ilustres, como os políticos Medeiros Neto e Luiz Tavares; músicos famosos, a exemplo do maestro Antônio Florentino Dias – regente da Orquestra Filarmônica do Rio de Janeiro; escritores, como Rui Medeiros; e artesãos, como os mestres Camilo e Pitonho.
O auditório terá a finalidade de apresentar espetáculos, peças teatrais, conclaves. Já a Casa da Cultura abrigará o primeiro museu da região, o “Passo Imperial” – um dos mais antigos e belos prédios da cidade onde Dom Pedro II dormiu e passou o dia  escrevendo,  conversando com as pessoas e dando nomes aos acidentes geográficos situados ao longo do baixo São Francisco.
O prédio será construído em um terreno pertencente ao município, situado ao lado do Fórum da cidade.
06/06/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *