Mães enfrentam medo para levar filhos à escola na região da Cracolândia

Região dominada pelo tráfico de drogas tem escolas próximas.

Mães de alunos de escolas da região da Cracolândia, no Centro de São Paulo, convivem com a preocupação de ver os filhos passarem quase que diariamente próximo ao local que foi tomado por usuários e traficantes de drogas.

Em tese, a caminhada para escola deveria ser um momento tranquilo de convivência entre pais e filhos, mas, na prática, a tranquilidade passa longe do percurso de quem estuda próximo à Rua Helvetia e suas imediações. Imagens obtidas pelo SPTV mostram que os traficantes circulam na região com drogas e armas na mão sem qualquer importunação.

Segundo o G1, enquanto o tráfico rola solto, pais e filhos se tornam reféns da falta de segurança pública. “A gente traz as crianças para a escola e deixa o coração da gente aqui na escola”, afirma Raquel Batista de Almeida, mãe de uma aluna.

Segundo ela, além da questão da segurança, outro problema relacionado ao abandono da Cracolândia preocupa: a higiene. “Ao redor do colégio todo é um banheiro a céu aberto. Isso aqui tem um cheiro insuportável”, relata.

A coordenadora de suporte técnico Zuleika de Carvalho conta sobre o medo que sentiu durante o confronto entre traficantes e agentes de segurança, ocorrido na última quarta (10) após a Guarda Civil Metropolitana (GCM) entrar no local para recuperar um celular furtado: “No dia da confusão, foi bem ao meio-dia. Era bem o horário de saída das crianças. Ficou extremamente perigoso. Bombas de gás… Foi realmente muito complicado”.

A secretária Vania Dias também tem filha em escola dos arredores e já prevê uma debandada geral da instituição de ensino. “Já fiquei muitas vezes presa dentro da escola. Já houve situações da minha filha sair apavorada daqui. O risco, a probabilidade bem grande, é de todas as mães retirarem os filhos de uma escola maravilhosa, uma escola muito boa, por questão de segurança”, afirmou.

O governador Geraldo Alckmin voltou a dizer nesta sexta-feira (12) que a segurança na área da Cracolândia já foi reforçada e que o problema será resolvido em breve. “Pode confiar. A Cracolândia vai desaparecer lá naquela região. Infelizmente, é um problema de saúde pública geral. A ação policial ocorrerá, a ação de saúde pública não termina, é 24 horas, permanente, e nós vamos trazer de volta as pessoas para morar lá”, prometeu o tucano.

12/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *