Maria Fernanda Cândido defende personagem de A Força do Querer: Joyce não é fútil

Atriz finalmente tirou do papel parceria com Gloria Perez e Rogério Gomes

Após 13 anos, Maria Fernanda Cândido finalmente aceitou fazer uma novela inteira: a atriz está no elenco de A Força do Querer – novo folhetim das 9. O fato de morar em São Paulo e ter filhos pequenos fez com que a musa adiasse em mais de uma década seu retorno ao gênero. Finalmente, a morena conseguiu fechar essa logística e conciliar a vida pessoal com o dia a dia no set por mais de nove meses: “Tudo se encaixou e eu finalmente consegui realizar meu desejo de trabalhar com a Gloria Perez e o Papinha [ o diretor Rogério Gomes]. Já tinha tentado trabalhar com eles em outras ocasiões em projetos diferentes e agora consegui juntar os dois”.

Na trama, Maria Fernanda é Joyce, uma mulher que cultua tudo o que diz respeito à beleza e ao feminino. Ao contrário do que se possa imaginar, a atriz afirma que a ligação de sua personagem com a estética vai muito além da vaidade. “Ela é uma personagem muito interessante. Em muitos momentos, a Joyce é classificada pelas pessoas que a cercam como uma mulher fútil, mas ela não é fútil. É que, pare ela, a questão da aparência está relacionada à autoestima”, defendeu.

A socialite é muito preocupada pela família e zela pela vida que construiu. Mas logo ela se depara com uma grave crise em seu casamento gerada pela não aceitação da mudança profissional do marido. Para piorar, Joyce verá seu conflito com a filha, Ivana (Carol Duarte), se transformar em um drama após a jovem se revelar trans homem e ainda terá seu casamento ameaçado por Irene (Débora Falabella).

“A Joyce é uma mulher de garra. Ela não tem uma conscicência coletiva muito desenvolvida, mas tem um cuidado com os filhos e marido muito grande. A considero o grande o pilar daquela família. Até hoje, foi ela que levou todo mundo ali adiante. Não sei como ela vai reagir ou até que ponto ela terá estrutura para lidar com essa avalanche que vai se abater sobre eles”, analisou.

gshow

17/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *