Palocci contrata advogado para fazer delação

Palocci contrata advogado para fazer delação

O ex-ministro Antonio Palocci fechou com Adriano Brettas, advogado que já negociou outras colaborações em delação premiada.

Procurado pelo blog, o advogado disse que não vai se manifestar.

O blog procurou José Roberto Batochio, advogado que vinha defendendo Palocci até agora.

Ele disse que, se Palocci decidir pela delação premiada, deixará a defesa do ex-ministro, informa o G1.

Como a GloboNews mostrou nesta semana, Palocci nunca cogitou deixar de fazer a delação premiada. Discutia apenas o advogado que assumiria as negociações com os investigadores da Lava Jato.

Para o PT, a delação de Palocci é vista como uma “pá de cal”, já que pode confirmar informações da Odebrecht e, principalmente, do casal João Santana e Monica Moura, ex-marqueteiros do PT, de Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula.

O próprio PT avaliava que Palocci iria colaborar. Palocci é visto como um “homem de negócios” pelo partido, diferentemente de Guido Mantega e João Vaccari, considerados “homens do partido”.

Petistas lembram que, em meio ao escândalo no primeiro governo Dilma, entre revelar clientes de sua consultoria ou sair do governo, Palocci preferiu “sangrar” e pedir demissão.

Segundo advogados envolvidos no caso, agora, Palocci pode revelar também informações que cruzem com outra operação da Polícia Federal: a Zelotes.

12/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *