Prestes a mudar, casal gay sofre campanha homofóbica em Curitiba

Prestes a mudar, casal gay sofre campanha homofóbica em Curitiba

O jornalista João Pedro Schonarth, 29 anos,  e o servidor público Bruno Banzato, 31, são casados há sete anos e estão prestes a adotar uma criança. Por conta disso, estão construindo uma nova casa no Água Verde, região nobre de Curitiba. As obras já estão na reta final, mas eles foram surpreendidos por panfletos que traziam mensagens de cunho homofóbico.

“Em breve, sua rua será mais ‘alegre’”, diz o texto impresso nos papéis, que traz imagens de casais homossexuais aleatórios. E prossegue: “todos os dias nos passeios matinais ou dos finais de tardes terá a visão para inspirar e influenciar toda a vizinhança: você, seus filhos, seus netos e amigos”. O anúncio traziam ainda o nome de ambos e o local das obras, denominado como “endereço da baixaria” e, segundo o jornalista, foi distribuído por toda a rua.

A mudança dos dois estava programa para o sábado (15), mas teve que ser adiada por conta de um incidente que ambos relacionam aos panfletos. “Colocaram uma mangueira na tubulação do ar condicionado e jogaram água. Inundou tudo. A gente ficou muito assustado, chamou a construtora, e eles disseram que não era um vazamento comum. Perdemos boa parte do piso, que é madeira. Claramente, era outra tentativa de intimidação”, contou Schonarth ao portal Bem Paraná.

Schonarth garante que ele e o marido não vão se intimidar com essa ou outras agressões. Eles registaram boletim de ocorrência na Delegacia de Vulneráveis para investigar a autoria dos ataques.

msn

14/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *